BUSCA POR EMPRESAS
CATEGORIA
ESTADO
CIDADE
Compartilhe:
Min.
Máx.
NOTÍCIA
13/08/2017
500 anos da Reforma Luterana tem atividades até novembro

O secretário de Educação de São Leopoldo, Oneide Bobsin destacou a importância da data. — Foto Charles Dias A importância da Reforma Luterana para a história do município será o centro das comemorações dos 500 anos da Reforma Luterana (1517- 2017) em São Leopoldo. A marca e o calendário de atividades, que vão de julho a novembro, foram apresentados pelo Comitê Municipal Comemorativo no Salão Nobre da Antiga Prefeitura na noite de sexta-feira, 14 de julho. O prefeito de São Leopoldo, Ary Vanazzi, saudou os integrantes do comitê que reúne diferentes áreas para promover este reencontro do município com a sua história. “Esta construção que estamos fazendo traz reflexões importantes para os dias de hoje, neste momento de incertezas e insegurança que estamos vivendo na história do nosso país com a retirada de direitos. Esse movimento de construir uma unidade, com um olhar coletivo vai dar esta dimensão do ponto de vista religioso, cultural, histórico, com o pensamento de Lutero que a vida é mais importante que o dinheiro”, ressaltou Vanazzi. A vice-prefeita Paulete Souto salientou a importância da fé, para se enxergar o mundo de uma forma mais humana e fraterna. “A humanidade tem que estar dentro de cada um de nós para termos um mundo melhor”, disse.
  A atualidade do pensamento de Martin Lutero foi abordada pelo secretário de Educação de São Leopoldo, Oneide Bobsin. “Martin Lutero buscou produzir o debate. Mostram suas cartas que Lutero debatia qualquer tema, político, cultural. Certamente redigiria contra o sistema financeiro que subordina nossas vidas”, afirmou Bobsin. “Após 500 anos, Lutero continua atual, porque estamos voltando de alguma forma para o extremismo, o fundamentalismo, voltado à subordinação do Estado à religião. O Estado tem competências e a religião tem competências. Estas áreas têm possibilidades em comum e podem trabalhar em conjunto, respeitando as competências”, falou. De acordo com o reitor das Faculdades EST, Wilhem Wachholz, na perspectiva de Lutero, o que se busca é a preservação da paz, o estabelecimento da justiça e a proteção aos mais fracos, para a construção de uma sociedade mais fraterna. O reitor falou ainda sobre este legado trazido para São Leopoldo pelos imigrantes alemães, pessoas que tinham dificuldades em sobreviver na Alemanha durante o período da industrialização e vieram ao Brasil. O maestro João Paulo Sefrin destacou a importância da música para a Reforma. “Lutero entendia que o canto coletivo era uma forma muito especial de pensar a palavra de Deus. Via a música como uma ferramenta poderosa”, afirmou. Sefrin regeu o coral e o quarteto de cordas da Madrigal Presto, que iniciaram as celebrações com a música de autoria de Martin Lutero e harmonização de Johann Sebastian Bach, “Deus é nosso castelo forte”. Os representantes do comitê pastor Walter Altmann, pastor Romeu Martini (Igreja Evangélica de Confissão Luterana do Brasil), pastor Arthur Benevenuti (Igreja Evangélica Luterana do Brasil), também participaram da mesa. O evento reuniu diversas autoridades, vereadores, pesquisadores, secretários municipais, pastores, entre outras pessoas. A MARCA E O CALENDÁRIO Fé, história e celebração é o tema das comemorações. A marca é uma leitura estilizada com vitrais a partir do selo criado por Lutero. O diretor-geral do Centro Educacional Concórdia, Pastor Leonério Faller explicou o significado do símbolo utilizado por Lutero. A rosa branca tem ao centro uma cruz, dentro do coração vermelho, com suas folhas verdes dentro de um círculo azul com uma barra dourada. A cruz lembra que Jesus crucificado é o símbolo da salvação, o vermelho representa que é com o coração que se faz, o branco é a fé que traz alegria, azul é a alegria no Espírito Santo e na fé; o dourado é a alegria e a salvação deve ser para sempre o bem mais preciso. A representante do Comitê Municipal, Monique Costa Machado, apresentou o calendário. Estão previstas várias atividades de julho a novembro. Confira a programação: JULHO
Dia 25: 16h- Solenidade de Comemoração dos 193 anos da imigração alemã e dos 500 anos da Reforma Luterana
Local: São Leopoldo Fest (av.São Borja, 1860- bairro Rio Branco) AGOSTO
Dia 16: 19h- Audiência pública da Assembleia Legislativa em São Leopoldo
Dia 30: 20h- Lançamento da Bíblia de Estuda da Reforma(SBB) e do Selo Comemorativo (Correios)
Local: Igreja do Relógio (rua Marquês do Herval, 480 – Centro) SETEMBRO
Dia 3: Dia de mobilização comunitária pelo restauro da Casa do Imigrante
Local: av. Feitoria, 3249 – bairro Feitoria
Dia 12 e 13: 6º Simpósio de Lutero da Faculdade EST – Faculdade EST
Local: r. Amadeo Rossi, 467 – Morro do Espelho
Dia 27: 18h- Sessão Solene sobre os 500 anos da Reforma Protestante
Local: Câmara de Vereadores (rua Independência, 66 – Centro) OUTUBRO
Dia 2: Seminário sobre os 500 anos da reforma
Dia 22: 14h- Sarau do Rio – Rua da Praia
Dia 24: 20h- concerto dos 500 anos da Reforma- Instituto Rio Branco
Local: rua Osvaldo Aranha, 438 – Centro
Dia 28: 15h- Marcha para Jesus – 500 anos da Reforma
Dia 31: 20h- celebração comemorativa dos 500 anos da Reforma
Local: Marco Zero da Rota Romântica (av. Dom João Becker- junto à BR 116) NOVEMBRO
Dias 6, 7 e 8: II Mostra de Pesquisas no Museu Histórico Visconde de São Leopoldo
“Da Reforma à Repressão: 500 anos da Reforma Protestante e 80 anos do Estado Novo no Brasil
Local: Museu Visconde (av. Dom João Becker, 491 – Centro)

fonte: http://revistanews.com.br/2017/07/16/500-anos-da-reforma-luterana-tem-atividades-ate-novembro/

PUBLICIDADE
CENTRAL DE ATENDIMENTO
Rua Conde de Sarzedas 160
Liberdade - CEP 01512-000
São Paulo / SP